Notícias

passa-a-palavra-a-tua-primeira-biblia.jpg

Passa a Palavra – A tua primeira Bíblia

passa-a-palavra-a-tua-primeira-biblia.jpgPassa a Palavra! A tua primeira Bíblia” Maria Teresa Maia Gonzalez. "Passa a Palavra! A tua primeira Bíblia” Maria Teresa Maia Gonzalez. Passa a Palavra! A tua primeira Bíblia” Maria Teresa Maia Gonzalez.

 

Notícia Rádio Renascença, por Ângela Roque

“Passa a Palavra! A tua primeira Bíblia” é o título de uma nova Bíblia para crianças, que é lançada esta segunda-feira. A autora, Maria Teresa Maia Gonzalez, espera que os exemplares não fiquem apenas pela catequese ou pelas paróquias, mas cheguem também às escolas e consigam interpelar os mais novos. 

“Não é apenas um livro de histórias. São histórias retiradas da Bíblia que eu reconto à criança na minha maneira de contar, e que eu espero que a criança possa fazer o mesmo com as suas próprias palavras”, diz a autora à Renascença

A escritora quis imprimir dinamismo ao livro logo a partir do título, “Passa a Palavra”, porque “não são histórias para ficarem paradinhas e quietas no coração de quem as ouve, mas para mexerem e fazerem mexer os outros”. 

O livro dirige-se a crianças a partir dos oito anos e até à entrada na adolescência. O mais difícil foi seleccionar o que contar, explica: “Fiz uma selecção dos episódios do Antigo Testamento que me pareceram mais emblemáticos e mais passíveis de entusiasmar as crianças, como a história de Moisés, Abraão, por exemplo”. 

No Novo Testamento, procurou “escolher os principais momentos da vida de Jesus, as parábolas que ele contou”. Numa terceira parte, “Textos maravilhosos da Bíblia”, estão destacados, por exemplo, o Pai Nosso. Há sempre uma referência à passagem bíblica a que se referem os textos, mas “cada história é recontada com as minhas palavras”, explica a autora. 

Habituada a visitar escolas para falar dos seus livros, Maria Teresa Maia Gonzalez garante que as crianças gostam de falar dos temas de fé: “É rara a escola onde vou onde não me falam da temática da espiritualidade. Não forçosamente de uma religião A, B ou C, mas as crianças e os jovens, mesmo as que não ouviram falar de Deus, têm sede natural de espiritualidade”. 

Na opinião da autora, o que existe, muitas vezes, é “preconceito dos adultos”, que pensam que as crianças e os jovens não se interessam por estas questões. 

Mas ainda há espaço para a novidade quando se fala da Bíblia? Maria Teresa acredita que sim e considera um privilégio ter sido desafiada para este projecto, quando está a festejar as bodas de prata como escritora: “Eu considerei que isto foi um presente de Deus, muito especial, nestes 25 anos de carreira que completo este ano”. 

O convite foi-lhe feito pela editora Verso da História e Maria Teresa achou a proposta irrecusável. Diz mesmo que ficou “perplexa” por, em tempo de crise, alguém se atrever a lançar um projecto destes, que envolve muitos custos. “Fazer um livro destes não é barato”, sublinha. 

A obra foi editada num formato ligeiramente maior que A4, o que, em sua opinião, valoriza as ilustrações de Raquel Pinheiro, que fez “um trabalho notável”. Maria Teresa lembra que esta Bíblia para crianças é “senão a primeira, das primeiras e das poucas que foi escrita por uma autora portuguesa e ilustrada por uma ilustradora portuguesa”. 

O livro vai ser lançado esta segunda-feira, às 18h30, na FNAC do Centro Comercial Colombo, em Lisboa.

 

Noticía em:

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=29&did=166623

Leave a Comment